domingo, 22 de janeiro de 2023

“Noir Burlesque” tome 1/2 – Enrico Marini

 Capa do tomo 1/2.


POLAR & THRILLER

NOIR BURLESQUE
Noir Burlesque
Noir Burlesque 1/2

Enrico Marini 
Roteiro, Desenho, Cores


Página de guarda.


Folha de rosto.


Páginas 4 e 5.


Páginas 6 e 7.


Páginas 8 e 9.


Páginas 10 e 11.


Páginas 12 e 13.


Páginas 14 e 15.


Página 16.


DETALHES DA OBRA

Público: adolescente – adulto
Data de publicação: 05/11/2021
Coleção: Hors Collection Dargaud
Formato: 22,5 x 29,8 cm
Número de páginas: 96
Tipo de acabamento: BD Capa Cartonada
Preço: 19,00€


RESUMO

Anos 1950.

Um quarto de hotel, à noite.

Sentado em uma poltrona, um homem espera, um revólver na mão. Ele se chama Slick e espreita a chegada de Capriche, a mulher que traiu ele. Abrindo a porta, Caprice compreende imediatamente: ele veio para se vingar.

Alguns meses antes, Slick perdeu um assalto. Ele deve dinheiro ao seu sócio, Rex, um chefe da máfia irlandesa. Esse último pretende esposar Caprice, dançarina em sua boate noturna, após ter eliminado Slick da paisagem.

Mas se passou alguma coisa entre Caprice e Slick. Já há muito tempo, muito antes de toda essa história. Eles eram apaixonados. E agora, eles brincam com o fogo...

Inspirado pelos filmes noirs americanos dos anos 1950, Enrico Marini assina, com “Noir Burlesque”, um polar sombrio à vontade, povoado de mulheres fatais e banhado de sensualidade, onde o crime e a violência se alimentam do ciúme e das traições.


NOIR BURLESQUE EM VÍDEO

Noir Burlesque (Enrico Marini)

Dargaud apresenta: Entre assaltos e clubes de strip-tease se rodeiam gângsteres e pin-ups... “Noir Burlesque”. Entre traições, vingança e ciúme o primeiro romance gráfico de Enrico Marini. 


ANÁLISE DA IMPRENSA
     Eles amaram...
 
FIGARO.FR
20/11/2021
LE PARISIEN
19/08/2021
“Um claro sucesso. Uma homenagem cintilante de Enrico Marini aos filmes noirs hollywoodianos”.
“Enrico Marini convoca um bando de criminosos e de mulheres fatais para um polar em preto e branco... e vermelho flamejante”.

Fonte: Dargaud Éditeur, Paris, França.

N. C.: Em novembro de 2021, a editora Dargaud publicou uma edição especial numerada e limitada a 600 exemplares, para a livraria Momie, com capa alternativa e caderno gráfico.

Noir Burlesque tome 1/2 © 2021 Enrico Marini - Dargaud Éditeur

A editora Trem Fantasma publica “Noir Burlesque” no Brasil.

Afrânio Braga

Artigos do blogue Blueberry com Enrico Marini:









quarta-feira, 11 de janeiro de 2023

Blueberry e Chihuahua Pearl por Enrico Marini



BLUEBERRY E CHIHUAHUA PEARL POR
ENRICO MARINI





















Enrico Marini

Auteur - Scénario - Dessin - Couleurs


Enrico Marini, de nationalité italienne, est né le 13 août 1969 en Suisse où durant quatre années il étudiera le graphisme à l'École des Beaux-Arts de Bâle.

Son trait est alors influencé par les Comics américains, les Fumetti et le Manga et son admiration se porte sur des auteurs tels que Hermann, Jordi Bernet, Milton Caniff, Alfonso Font, Giraud et Otomo.


Sa carrière débute en 1987 au Festival de la Bande Dessinée de Sierre, où il concoure avec les nouveaux talents. Très vite remarqué, il se voit confier sa première série Olivier Varèse sur un scénario de Thierry Smolderen, chez Alpen Publishers.


En 1992, Marini et Smolderen changent d'univers et créent Gipsy, un vrai héros de chair et de sang.


Marini parcourt ensuite, avec Jean Dufaux, le monde des vampires avec Rapaces dont le premier tome parait en 1998.


Avec Stephen Desberg, il concrétise un rêve d'enfant, dessiner un western, et publie le premier tome de L'Etoile du Désert en 1996. De cette rencontre nait également, quatre années plus tard, Le Scorpion, une grande fresque de cape et d'épée.


Depuis 2007, Marini, auteur complet, fait revivre l'antiquité avec Les Aigles de Rome.


En 2017, il s'attache à un nouveau défi : offrir à Batman sa première aventure sous les crayons d'un auteur de BD franco-belge. Publié chez Dargaud en collaboration avec DC Comics, le diptyque consacré au chevalier noir se clôture en juin 2018.



ALBUMS CHEZ DARGAUD

Tatiana K. – tome 1
Scénario: François Corteggiani
Dessin: Félix Meynet
Couleurs: Enrico Marini

Gipsy - tomes 1 à 6
GipsyIntégrale – tome 1 – tomes 1 à 3
GipsyIntégrale – tome 2 – tomes 4 à 6
GipsyIntégrale complete – tomes 1 à 6
Scénario: Thierry Smolderen
Dessin: Enrico Marini

Rapaces – tome 1
Scénario: Jean Dufaux
Dessin: Enrico Marini

Rapaces – tome 2 à 4
Scénario: Jean Dufaux
Dessin: Enrico Marini
Couleurs: Enrico Marini

L’Étoile du Désert – tomes 1 et 2
Scénario: Stephen Desberg
Dessin: Enrico Marini
Couleurs: Enrico Marini

L’Étoile du Désert – tomes 3 et 4
Auteur: Enrico Marini
Scénario: Stephen Desberg
Dessin: Hughes Labiano

Le Scorpion – tomes 1 à 12
Le ScorpionIntégrale – tome 1
Le ScorpionIntégrale – tome 2
Scénario: Stephen Desberg
Dessin: Enrico Marini
Couleurs: Enrico Marini

Le ScorpionHors-série
Scénario: Stephen Desberg
Dessin: Enrico Marini

Les Aigles de Rome – tomes 1 à 5
Scénario: Enrico Marini
Dessin: Enrico Marini
Couleurs: Enrico Marini

Batman – tomes 1 et 2
BatmanÉdition spéciale - tomes 1 et 2
BatmanIntégrale complète - tome 0
Scénario: Enrico Marini
Dessin: Enrico Marini
Couleurs: Enrico Marini

Noir Burlesque – tome 1/2
Scénario: Enrico Marini
Dessin: Enrico Marini
Couleurs: Enrico Marini

Noir Burlesque – tome 1/2 (Momie)
Édition spéciale numérotée limitée à 600 exemplaires
Scénario: Enrico Marini
Dessin: Enrico Marini
Couleurs: Enrico Marini

Noir Burlesque – tome 2/2
Scénario: Enrico Marini
Dessin: Enrico Marini
Couleurs: Enrico Marini


Slick et Capriche em “Noir burlesque” tome 1.


ENRICO MARINI EN VIDÉO

Coup de cœur libraires - Momie (Lyon) - Noir Burlesque

N. C.: 19 vídeos sobre o trabalho de Enrico Marini estão no primeiro artigo Blueberry e Chihuahua Pearl por Enrico Marini – acesse o link no final desse artigo.























Enrico Marini

Autor - Roteiro - Desenho - Cores


Enrico Marini, de nacionalidade italiana, nasceu em 13 de agosto de 1969 na Suíça onde, durante quatro anos, ele estudou o grafismo na École des Beaux-Arts (Escola de Belas Artes) de Basiléia.

O seu traço é então influenciado pelos comics americanos, os fumetti italianos e o mangá japonês e a sua admiração se conduz sobre autores tais como Hermann, Jordi Bernet, Milton Caniff, Alfonso Font, Jean Giraud e Otomo.

A sua carreira debuta em 1987 no Festival de la Bande Dessinée de Sierre, Suíça, onde ele concorre com os novos talentos. Muito rápido reconhecido, ele vê confiar sua primeira série “Oliver Varèse”, sobre um roteiro de Thierry Smolderen, na editora Alpen Publishers.

Em 1992, Marini e Smolderen mudam de universo e criam Gipsy, um verdadeiro herói de carne e de sangue.

Marini percorre em seguida, com Jean Dufaux, o mundo dos vampiros com “Rapaces”, do qual o primeiro tomo saiu em 1998.

Com Stephen Desberg, ele concretiza um sonho de criança, desenhar um western, e ele publica o primeiro volume de “L’Étoile du Désert” em 1996. Desse encontro nasce igualmente, quatro anos mais tarde, “Le Scorpion”, um grande afresco de capa e espada.

 

Desde 2007, Marini, autor completo, faz reviver a antiguidade com “Les Aigles de Rome”.

Em 2017, ele se ata a um novo desafio: oferecer a Batman sua primeira aventura sob os lápis de um autor de história em quadrinhos franco-belga. Publicado por Dargaud em colaboração com DC Comics, o díptico consagrado ao Cavaleiro das Trevas se conclui em junho de 2018.

Fonte: Dargaud Éditeur, Paris, França.

A série “Blueberry” foi criada por Jean-Michel Charlier e Jean Giraud.
Blueberry © Jean-Michel Charlier – Jean Giraud / Dargaud Éditeur

Je remercie à Enrico Marini le dessin de Blueberry et Chihuahua Pearl, compagnons d’ aventure, pour le blog Blueberry.
Eu agradeço a Enrico Marini pelo desenho de Blueberry e Chihuahua Pearl, companheiros de aventura, para o blogue Blueberry.

Afrânio Braga

Artigos do blogue Blueberry com Enrico Marini:











quarta-feira, 28 de dezembro de 2022

A capa de “Le Avventure del Tenente Blueberry” “La Miniera del Tedesco”

A prancha 28. 


A prancha 44.


A CAPA DE
“LE AVVENTURE DEL TENENTE BLUEBERRY”
“LA MINIERA DEL TEDESCO”


A editora Arnoldo Mondadori Editore publicou “La Miniera del Tedesco”, o volume 11 da série “Le Avventure del Tenente Blueberry”, com a ilustração da capa extraída da vinheta 4 da prancha 28 e da vinheta 10 da prancha 44 desse álbum. 


A vinheta 4 da prancha 28.


A vinheta 10 da prancha 44.


A capa de “La Miniera del Tedesco”.


“La Miniera del Tedesco”

© 1972 Dargaud Éditeur, Paris, France
© 1978 Arnoldo Mondadori Editore, Milano, Italia – para a edição italiana
Título original da obra: “La Mine de l’Allemandu perdu”
1ª edição, abril de 1978
“Le Avventure del Tenente Blueberry”, publicação periódica
Diretor responsável: Arrigo Pollilo
Formato normal: 22,7 x 29,7 cm
Páginas sem numeração

A série “Blueberry” foi criada por Jean-Michel Charlier e Jean Giraud.
Blueberry © Jean-Michel Charlier / Jean Giraud – Dargaud Éditeur

Afrânio Braga


quinta-feira, 22 de dezembro de 2022

Blueberry por Fabio D’Auria

 

BLUEBERRY POR

 

FABIO D’AURIA


Fabio D’Auria


Nato nel 1978 in provincia di Napoli è attivo come fumettista dal 2000.

Diplomatosi al Liceo Artistico di Napoli ha poi frequentato la Scuola Italiana di Comix, sotto la guida di Daniele Bigliardo.

Dal 1996 vive a Reggio Emilia dove si è diplomato come Animatore di cartoni Animati con qualifica di quarto livello, per poi lavorare come Animatore presso la factory reggiana “Marcenaro s.r.l.”.

Esordisce come colorista a 22 anni con "Bonerest" per la Magic Press Edizioni, fumetto creato da Matteo Casali e Giuseppe Camuncoli e dal 2004  al 2017 ha lavorato in modo continuativo come colorista per Italia, Francia e Stati Uniti (Amazing Spider-Man e Dylan Dog) superando le 7000 pagine colorate.

Nel 2008 fa un timido esordio come disegnatore con una tavola scritta e disegnata da lui per il n°5 della rivista “MONO” della Tunué e con un'illustrazione omaggio a Milo Manara pubblicata nella monografia "Vita e donnine di Milo Manara" pubblicata dalla Leopoldo Bloom (biografia che racchiude illustrazioni tra gli altri di Bacilieri, Bernet e Geof Darrow).

Sempre nel 2008 torna in parte all'animazione realizzando con Giuseppe Camuncoli ed Andres Mossa “The Shadow of Ra’s Al Ghul”, motion comics per  DC Comics e Warner Bros prodotto in esclusiva per la Nokia su testi di Dennis O'Neil, il motion comics narra accadimenti che collegano “Batman Begins” a “The Dark Knight”, primi due film della trilogia del Batman di Nolan.

Nel 2015 ha coordinato per la TIWI la parte animata di "The Editor is in", la prima serie televisiva della Sergio Bonelli Editore prodotta per Sky Arte disegnando tutte le animazioni principali e coordinando il team di disegnatori.

Nel 2017 è uscito in Francia il suo primo albo disegnato, il volume 8 della serie "Oracle" per l'editore Soleil Productions (a breve in Italia per Panini), e a seguire alcune storie brevi per l'editore Petit à Petit.

Ha insegnato  per 10 anni Colorazione Digitale alla Scuola Internazionale di Comics di Reggio Emilia, città dove vive e lavora. Attualmente è al lavoro su di una storia breve a colori di Tex.

Bibliografia quasi completa come colorista:

http://comifab.blogspot.com/2000/12/bibliography.html

Bibliografia come disegnatore:

2008: “Mono n°5” Editore: Tunuè (Italia)
2008: “Vita e Donnine di Milo Manara” Editore: Leopoldo Bloom (Italia)
2017/03: “Oracle: Le Héros” Editore: Soleil Productions (Francia)
2017/11: “Guide de Paris en bandes dessinées” Editore: Petit à Petit (Francia)
2018: “Histoires incroyables de la Coupe du Monde” Editore: Petit à Petit (Francia)
2018/11: “Bordeaux #1 - D’Ausone à Montaigne” Editore: Petit à Petit (Francia)
202x: “Color Tex” Editore: Sergio Bonelli Editore (Italia)

Instagram di Fabio D’Auria: https://www.instagram.com/comifab/


Fabio D’Auria


Nascido em 1978 na província de Napoli, Itália, ele está ativo como quadrinista desde 2000.

Diplomado no Liceo Artistico di Napoli, depois ele frequentou a Scuola Italiana di Comix, sob a guia de Daniele Bigliardo.

Desde 1996 ele vive em Reggio Emilia onde ele se diplomou como Animador de desenhos animados com qualificação de quarto nível, para depois ele trabalhar como Animador junto à fábrica reggiana Marcenaro s.r.l.

Ele estreia como colorista aos 22 anos com “Bonerest” para a editora Magic Press Edizioni, história em quadrinhos criada por Matteo Casali e Giuseppe Camuncoli e de 2004 a 2017 ele trabalhou de modo continuado como colorista para Itália, França e Estados Unidos da América  - “Amazing Spider-Man” e “Dylan Dog” - superando as 7000 páginas coloridas.

Em 2008, ele faz uma tímida estreia como desenhista com uma prancha escrita e desenhada por ele para o nº 5 da revista “MONO” da editora Tunué e com uma ilustração em homenagem a Milo Manara publicada na monografia “Vita e donnine di Milo Manara” publicada pela editora Leopoldo Bloom Editore – biografia que contém ilustrações entre as quais de Bacilieri, Bernet e Geof Darrow.

Sempre em 2008, ele torna em parte à animação realizando, com Giuseppe Camuncoli e Andres Mossa, “The Shadow of Ra’s Al Ghul”, motion comics para DC Comics e Warner Bros produzido em exclusividade para a Nokia com textos de Dennis O’Neil, o motion comics narra acontecimentos que coligam “Batman Begins” a “The Dark Knight”, os primeiros dois filmes da trilogia do Batman de Christopher Nolan.

Em 2015, ele coordenou para a TIWI a parte animada di “The Editor is in”, a primeira série televisiva da editora Sergio Bonelli Editore produzida por Sky Arte, desenhando todas as animações principais e coordenando a equipe de desenhistas.

Em 2017, saiu na França o seu primeiro álbum desenhado, o volume 8 da série “Oracle” para a editora Soleil Productions – em breve na Itália pela editora Panini Comics -, e a seguir algumas histórias breves para a editora Petit à Petit.


Ele ensinou, por 10 anos, Coloração Digital na Scuola Internazionale di Comics di Reggio Emilia, cidade onde vive e trabalha. Atualmente, ele está ao trabalho em um história breve em cores de Tex.

Bibliografia quase completa como colorista:

http://comifab.blogspot.com/2000/12/bibliography.html


Bibliografia como desenhista:

2008. “Mono n°5”, editora Tunuè, Italia;
2008. “Vita e Donnine di Milo Manara”, editora Leopoldo Bloom, Itália;
2017/03. “Oracle: Le Héros”, editora Soleil Productions, França;
2017/11. “Guide de Paris en bandes dessinées”, editora Petit à Petit, França;
2018. “Histoires incroyables de la Coupe du Monde”, editora Petit à Petit, França;
2018/11. “Bordeaux #1 - D’Ausone à Montaigne”, editora Petit à Petit, França;
202x. “Color Tex”, editora Sergio Bonelli Editore, Itália.


Instagram di Fabio D’Auria: https://www.instagram.com/comifab/

Fonte: Fabio D’Auria.

A série “Blueberry” foi criada por Jean-Michel Charlier e Jean Giraud
Blueberry © Jean-Michel Charlier / Jean Giraud – Dargaud Éditeur

“Blueberry, il fratello francese di Tex”.
“Blueberry, o irmão francês de Tex”.
Sergio Bonelli
Editor e roteirista

Io ringrazio a Fabio D’Auria per il disegno di Blueberry, difensore della legge e dell’ordine, per il blog Blueberry.
Eu agradeço a Fabio D’Auria pelo desenho de Blueberry, defensor da lei e da ordem, para o blogue Blueberry.

Afrânio Braga

Outros artigos do blogue Blueberry com Fabio D’Auria: