quinta-feira, 3 de junho de 2021

Blueberry na China

Capa da sobrecapa.


Verso da capa da sobrecapa.


Verso da contracapa da sobrecapa.


Contracapa da sobrecapa.


Capa. 


Blueberry na China

Ficha técnica

Título: Blueberry – La Mine de l’Allemand perdu (1) (2) (3)
Roteiros: Jean-Michel Charlier
Desenhos e capa (4): Jean Giraud
Cores: originais francesas (5)
Editora: Hina Books, Pequim, China
Tradutor: Ginkgo (Beijing) Book Co., Ltd., Pequim, China
Língua: chinês
Data de publicação: 01/03/2018
Número de páginas: 104
Pranchas: 98
Gênero: Western
Preço: 60 yuans
Volume: capa flexível
Formato: 21,6x28,6 cm
Público: Todos os públicos – Família

N. C.:

1) Número 1 de “Blueberry” na China. Integral de “La Mine de l’Allemand perd” e “Le Spectre aux balles d’or”.

2) “La Mine de l’Allemand perdu”: pré-publicado em “Pilote” do nº 497 (15 de maio de 1969) ao nº 519 (16 de outubro de 1969). Primeira edição em álbum no 1º trimestre de 1972 na Dargaud Éditeur.
3) “Le Spectre aux balles d’or”: pré-publicado em “Pilote” do nº 532 (15 de janeiro de 1970) ao nº 557 (9 de julho de 1970). Primeira edição em álbum no 3º trimestre de 1972 na Dargaud Éditeur.
4) Contracapa da sobrecapa: desenho de Mike Blueberry, por Jean Giraud, para a contracapa dos álbuns da série “Blueberry” a partir de “Mister Blueberry”, 1995.
5) Cores: Jean Giraud: “La Mine de l’Allemand perdu”; Évelyne Tran-Lê: “Le Spectre aux balles d’or”.


Página 1. Página de rosto.


Página 2. Ficha técnica.


Página 3. Prancha 1 de “La Mine de l’Allemand perdu”.


Página 8. Prancha 6 de “La Mine de l’Allemand perdu”.


Página 37. Prancha 35 de “La Mine de l’Allemand perdu”.

Página 47. Prancha 45 de “La Mine de l’Allemand perdu”.


Página 51. Prancha 1 de “Le Spectre aux balles d’or”.


Página 53. Prancha 3 de “Le Spectre aux balles d’or”.


Página 57. Prancha 7 de “Le Spectre aux balles d’or”.


Página 72. Prancha 22 de “Le Spectre aux balles d’or”.


Contracapa da capa.


Sobrecapa e capa.


Versos da sobrecapa.


Contracapas da sobrecapa e da capa.


Capa da sobrecapa.


O livro tem uma sobrecapa que quando é retirada se tem a capa de “La Mine de l’Allemand perdu”, mas não aquela de “Le Spectre aux balles d’or” que está na própria sobrecapa. É o primeiro álbum de “Blueberry” em chinês; provavelmente o editor experimenta para verificar o resultado editorial e depois disso ele avaliará a continuidade da publicação da série.


O integral contém duas histórias da série “Blueberry” - “La Mine de l’Allemand perdu” e “Le Spectre aux balles d’or”, que compõem o ciclo de Prosit Luckner. O ouro da Sierra – as quais foram publicadas em Portugal: “A Mina do Alemão Perdido” e “O Espectro das Balas de Ouro”, por Meribérica/Liber Editores e na coleção da parceria da editora ASA com o jornal “Público”, álbuns 6 e 7 respectivamente.

Fonte das imagens: Yohan Radomski.

Blueberry La Mine de l’Allemand perdu © Jean-Michel Charlier / Jean Giraud – Hina Books 2018

Afrânio Braga

Manaus, Amazonas, Brasil

Yohan Radomski

Shangai, China


Nenhum comentário:

Postar um comentário